terça-feira, 2 de outubro de 2007

Mania

Manias. Todo mundo sabe o que é. Todo mundo (deve) ter. Mas será que devemos conte-las? Por exemplo, eu tento evitar, mas nos meus posts eu sempre acabo escrevendo "aliás", "é a mais pura verdade" ou algo parecido. Será que eu devia me conter?
Claro que tem "manias" que devem ser contidas, como fumar, mas aí já não é uma mania é vício, e nem toda mania é vício. Daí surge a questão básica que eu procuro esclarecer nesse post: em que ponto um hábito deixa de ser mania e passa a ser vício?
Para esclarecer essa pergunta eu estabeleci um medidor (exibido abaixo) que estabelece mais ou menos aonde o vício e a mania se encontram.












Tá bom, eu não consegui deixar em um tamanho decente, então "salvem como..." e vejam vocês mesmos seu preguicosos!

Nenhum comentário: